quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Momento...



Sufoque por dentro nefasto tormento
Que a Vida não passa de Eterno Momento...
Juntos, unidos, um só Pensamento...
Joguemos ao alto, esperanças ao vento...


Por mais que não entendas o intento
Confia e se entregue ao alento
Se insistes em não confiar
Nada resta é sentar e esperar

Minha fala te soa em lamúria?
Pesa-te acaso uma injúria?
Te soa um simples murmúrio?
Ou abriga um torpe perjúrio?

 Sobre ti debruça o presságio
Destino determinado é bem ágil
Não te afliges, reserva seu tempo
Faz da Vida, um tenro momento


Aparta de ti sofrimento
Das dores da Vida te isento
Destino tão fráfil e intenso
Com este não entro em consenso

 

Vida passa por mim a sublimar
Desisto, não quero chorar
Alegria me busco por dentro
Felicidade quero a todo momento...





Dilean...


Pela vida, ao amor se entrega em afã  
Dos bons sentimentos és a anfritiã...
No peito sensível, uma mágoa sentida
Suave amiga, esperança infinda...

Palavras tão doces a pronunciar
Acalento aos amigos a propiciar
Seu encanto secreto é sempre amar
Por completo a vida, destino a passar

Teu nome em sussurro o vento a soprar
Deus abençoa ao teu suplicar
Dilean é aquela que não teme dilema
Seguir forte e em frente é sempre teu lema

Pessoa em respeito, és sempre lembrada
Não temas ou duvides, és muito amada
Mulher de valor, recebida em clamor
Amiga querida, teu nome é Amor...


Para a Amiga Dilean,
estes textos não estão a sua altura, 
mas vieram do coração...

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

QUEM PENSAS QUE É?


Que pensa afinal o "senhor"?
Que acaso faz-me um favor?
Disponibiliza qual migalhas o "amor"
Como a sacrifício se fosse dispor...
*
Tal ato só desperta rancor
Esfria por completo o ardor
Pensas que o que sinto é só dor?
Coração aos saltos e clamor?
*
Quem pensas de fato que és?
Um Principe ou algo afim?
Flexa da revolta desperta em mim...
Fazer-te especial mais do que é
*
Pelo que me tomas? Uma tal ou qualquer?
Ah...como isso abala minha fé
Homem perfeito, de certo não é...
É simples, comum, hoje penso um qualquer...
*
Te pensava um gentil cavalheiro
Que sob a pele de lobo faceiro
Escondia um dócil carneiro
Mas qual...não és nenhum lobo, és tão somente um bobo...
*
Só tolo despreza quem sincera lhe amava
Ao menos assim eu mesma pensava
Tu se apega quem a ti só instiga
Prefere ao amor, uma simples fadiga...
*
Mas tenho a lhe agradecer
Estou livre do outrora, teu julgo e poder
Busco alegria e não mais sofrer
Compromisso que faço ao me prometer
*
Não mereces a minha atenção
Muito menos ceder-lhe afeição
Dois caminhos se separam infindos então
Bruma de lembrança...e perdida ilusão...

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

TALENTO



Dedico ao Amigo JONFIL


Não tem quem ao talento resista
Portanto, cultivas Alma de Artista
Se outrora de ti duvidavas
Agora de certo aclamavas

Tal dom só tras alegrias
Ao longe tristeza sentias
Esta é a Arte que tens
E esta, fazes tão bem

Não questiona dom natural
De certo este é original
Não o embale em falsa modéstia
A verdade, o talento lhe empresta

Tão forte é a tua expressão
Forte marcas total impressão
É fala de amiga, pensarias então...
Mas qual...é sincera a opinião

Que esperas a lançar-te a Arte meu amigo?
Não confias por acaso no que digo?
Não vês que teu dom faz todo sentido?
Que Paz e Alegria caminham contigo?

Não te contentas com migalhas então
Brinda-nos com Arte e Talento em fusão
Que este nos sirva de alento
Que teu dom, nos seja alimento

A beleza de tuas linhas coloridas
Fazem esquecer das fases doloridas
Criatividade independente da idade...
Sua Arte, só nos dá Felicidade...

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

NADA SEI...



















Quanto mais aprendo com a vida
Mais percebo, me encontro ferida
Quando aprender com a mesma pensei
Aprendi enfim nada sei

Quanto mais espero dos outros
Percebo...recebo tão pouco
Quanto mais quero tentar
Mais louca tendo a ficar...

Penso que sei e em verdade não sei
Penso que por nada em troca me dei
Fico a pensar no que me tornei
Pessoa amarga, da vida cansei...

Quantos espaços eu quis conquistar
Quanto mais tento, mais fico a esperar
Almejo as esferas poder alcançar
De tudo e o melhor poder desfrutar...

Quando reflito, vejo nada tentei
Ou tentando, eu só fracassei
Ah esta espera, tortuosa e sincera
Bem faz aquele, pelo destino espera

Tempo me trás a vivência final
Dos céus eu espero derradeiro sinal
Me pergunto intrigada, quem sou eu afinal?
Dúvida que dói, na entrega total

O jeito que sou, eu mesma formei
Agrade ou não é natureza enfim
Como sinto em mim, eu mesma domei
Malvada ou Bondosa ou tal coisa afim

Por que se afliges tão dentro de mim?
Coração oprimido, no peito sentido
Atordoa o tempo até hoje vivido
Renegas a Sina a ti ressentido...

A vida é repleta de diversos "senãos"
Trabalho, Família ou eterna Paixão
Eu suplico por pecados um divino perdão
Mas como saber o que é pecado então?

A certeza é navalha que corta a ilusão
Realidade, água fria na doce paixão
A verdade suplanta a mais doce entrega
O bom senso se achega e ao desejo se nega

Desejo da carne ou da mente somente
Suspiro e lanço a semente
Face erguida, lanço um desafio
Por instinto, na Vida vagueio e me guio

Anos passados, conhecimento roubado
Humano é aquele algum dia tentando
Tanto aprendido, mas nunca seguido
O saber é destino somente de ungido...

Quanto mais asc pessoas penso entender
Percebo destas...nada mesmo saber
Convicta, amigos penso ter...
Decepção...não consigo conter...

Da vida aprendi, enfim, nada sei
Será que senti e só discórdia ceifei?
Certa concluo que visada é
Quem na VERDADE calca sua fé...

terça-feira, 17 de agosto de 2010

A POETISA




Poetisa com palavra enebria

Noite escura transforma em dia
Aquece a tarde mais fria
Afasta tristeza sombria...

No papel, o dom, semelhança
Lindas palavras lhe lança
Sensíveis poemas alcança
Qual riso de uma criança

Semeias o sonho e espera
Absorta em teu dom que impera
Escreves e brotas sincera
No tom de palavra singela.

Os sonhos transforma em verdade
Tal beleza nos trás só saudade
Não importa nem mesmo a idade
Poesia é compor Liberdade..

Florir faz a Rosa no Inverno
Teu Dom é suave e interno
Ao le-lo não mais me consterno
Poema é Arte..é Eterno...


O AMANTE

Esta Poesia foi feita para um POETA do qual adorei o BLOG, espero que ele goste...

Dia 22 de Setembro -  DIA DO AMANTE


 
Um Amante nem sempre sacia

Instiga, provoca, vicia...
Por vezes do nada surgia
Mas chama por dentro se erguia


Teu toque, minha pele arrepia
Liberta paixão que sentia
Provocante a seguir prosseguia
Perder lucidez conseguia


O Amante se prova perfeito
Distante, não existe defeito
Presente, amor já desfeito
Por hora, aceito teu pleito


Um fogo, por dentro inflama
É Você que meu corpo reclama
A ânsia que plena te chama
Desejo que tenso te ama...


Da boca suplico teu beijo
Embate de corpos prevejo
Sentir tua força desejo
Meu corpo e o teu eu revejo

Vem meu amor por inteiro
Se entrega, se diverte fagueiro
Desfruta quem ardente te veio
Encosta a cabeça em meu seio...
Desperta com fogo a paixão
Faz de ti prostar-me diante no chão
Em Ode a ti fogueia a minha atenção
Vem, pega nas mãos o meu coração
 



sábado, 14 de agosto de 2010

ILUSÃO

Ilusão há pouco perdida
Que passa por mim, já sem vida
Uma farsa nem mesmo vivida
Intensão até então reprimida

Intento impetuoso ao vento
Sem dor ou até sentimento
Um logro, o qual mesmo me tento
Frágil, não resisti ao tempo



Ilusão vazia e sem viço
Amor que eu pensava?Só vício
Ilusão me punha a serviço
De testar este eterno feitiço

O desejo, era só modelado
Não esteve de fato ao meu lado
Era um ser, só idealizado
Que eu queria amar em pecado



Ele mesmo destroçou Ilusão
Ao pensar que era forte a Paixão
Mas qual, me convenço então
É um brincar com você coração......

A ânsia eu deixo de lado
O "amor", já se encontra gelado
Endurecido no peito calado
Desejo, findo...selado


 Como pude me enganar tanto tempo?
Como pude entregar-me ao momento?
Como dar a Ilusão tal sustento?
E o bom senso, burlar a contento?

Ele mesmo surpreso ficava
Ao ouvir a Ilusão que eu contava
Por isso o acerto adiava
Sabia, a Ilusão não vingava....



O querer?Não mais o sentia
Descobri!A mim mesma mentia
Desisti do amor que judia
Daquele que eu sempre fugia

Do que eu reclamo então?
Meu próprio desejo me chama a razão...
Foge do constante senão
Abandona de vez a Ilusão...

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

VENCER


A Vitória é em verdade meu amor
O Sucesso, um desejo sem dor
Vencer, muito mais que prazer
Mais que mesmo, desejar você

Vencer é mais que um sonho
É obsessão, a qual mesmo me imponho
Conseguir é mais que tentar
É sossego enfim alcançar

Vencer não é só almejar
É lutar, insistir, conquistar
Felicidade enlaçada a Vitória
Ao vencer, se descansa na Glória

Se duvidas, não tema, INSISTA
Que a sensação de vencer, lhe persista
Pois Tesouro mais caro é o qual
Que conquistas por si afinal...








FASES


 Fase que vem
Fase que vai
O tempo passa
Não quero mais

Penso que sim
Penso que não
Se não me decido
Desisto então



 
Desejo esquecido
Parece contido
Reflito melhor
Esquecer eu consigo

 Tempêro de espera
A Fase se quebra
Amor desenhado
Perdeu-se ao acaso



Fase que foi
Fase que é
Libertas a mente
Apegue-se a Fé


Homem sequer
Entende a mulher
Fogueia e vaga
A chama se apaga



Tênue centelha
Instigada incendeia
Descaso e acaso
A Desencadeia

Fase de Paixão tão incontida
Pulsava eterna e sempre escondida
Na fase de agora?Se encontra vencida
Na fase que chega, sem  mais, esquecida...


sexta-feira, 9 de julho de 2010

Devaneios Virtuais...



"Quando bate a INSANIDADE, 
do bom senso dá Saudade..."
_____________________
Sábado, 30 de outubro de 2010


TABU BRASILEIRO : ABORTO x CONTROLE DA NATALIDADE...

Resposta a Arsen Salibian :
Vc pergunta : "Fazer o que em relação ao grande número de filhos que tem cada família brasileira?"

Simples...

Apoiar sem hipocrisias um Sistema de Controle de Natalidade, já seria um começo...
Será que ninguém percebe, que os GRANDES problemas que nós temos, vem exatamente de não termos infra-estrutura para atender e suportar TANTAS pessoas?
Somos MUITOS e MUITOS MAIS estão por vir nos próximos anos e NINGUÉM, parece querer tocar no assunto
Parece no Brasil ser mais fácil "aceitar" discutir o ABORTO, do que um Controle de Natalidade
Do jeito que vamos, NUNCA teremos condições suficientes quanto a Escolas, Hospitais, Clínicas, Habitação, Saneamento, Projetos e em principal, ÁGUA e ALIMENTOS para toda essa gente
É hora (ainda dá tempo) de parar de defender o Direito dos que aqui nem estão ainda e pensar no Direito dos que aqui já estão
Vamos parar de "esbravejar" pelo aborto legalizado ou não e nos voltarmos para esta questão simples do Controle de Natalidade, pois uma mãe carente tem antes de TUDO, de ter tempo para ser mãe e como ser uma boa mãe de 7, 8, 10 ou 12 filhos?

As primeiras a se conscientizar sobre esta questão e esta constatação, devem ser estas mães
Afinal, mãe que é mãe, não gosta de ver o filho sofrer, com fome, dor e outras necessidades
Já é hora de "derrubar" o:"Onde come um, comem dois ou mais, pois sabemos que na prática, não é bem assim, experimentem repartir COM FOME, um Omelete entre 8 pessoas ou 10 em uma casa...
Falar é fácil...
Vamos tentar fazer acontecer?
_______________________________________________________________


Quinta-feira, 28 de outubro de 2010


Minhas Últimas Palavras : sobre DILMA e SERRA

Prezados,

Vou me "abrigar" nas palavras de Ruth Rocha, quando esta diz em seu excelente texto : CARTA A CANDIDATA DILMA:

"Que o Brasil está melhor, porque os Brasileiros o melhoraram..."

Assim sendo e como a "Voz do Povo é a Voz de Deus"...

Que VENÇA a vontade da maioria e que a vontade dos mesmos, independente de ser Dilma ou Serra seja respeitada, assim como também o cargo / posição de Alto Mandatário de nosso País que um dos dois vai receber

Afinal, um Povo que não respeita a vontade da maioria de seus compatriotas e ao seu Presidente, a quem vai respeitar???

CANSEI desta "CAÇA ÁS BRUXAS"

Desta constante e incasnsável "BATALHA" on line, que tenho visto ser travada nas Redes, no Facebook, no Orkut, nas ruas, nos clubes, na praia...

Esse irritante: "Ele tá certa, ela tá errada...ela fez certo, ele fez errado, ele fez / faz isso, ela fez ou faz aquilo

Gente, isso está passando do nível SAUDÁVEL de discussão

Tá ficando CHATO!

Me desculpem!

Mas está!

Informar é diferente de atacar!

Novamente me permito citar RUTH ROCHA, pois mal ou bem, temos todos nós independente de Partidos, idéias, ideais ou afins, de admitir...

QUE CADA UM DOS PRESIDENTES QUE PASSARAM POR NOSSO PAÍS, DERAM DE UMA FORMA OU DE OUTRA, ALGUMA CONTRIBUIÇÃO BENÉFICA PARA O BRASIL...

Até Sarney, até Collor (não acredito MESMO que digitei isso, mas é a verdade...)

Pensem no Brasil de ontem...

Observem o Brasil de hoje

Lembrem, POR FAVOR, lembrem (como é difícil ter memória o nosso Povo)

De quando e como as boas coisas aconteceram para o nosso País e vão constatar, assim como o fez RUTH ROCHA, que em cada Governo, algo de bom aconteceu e nem sempre, isso ocorreu na gestão de partidos aos quais apoiamos (ou torcemos, seria o mais adequado?)

Afinal prezados, elegemos PRESIDENTES, não canonizamos os mesmos...

E a CORRUPÇÃO?

Ah gente, menos não é?

Não é de hoje que a CORRUPÇÃO é "enamorada" de nosso Brasil

Não é de hoje que convivemos com a mesma...

Esta sempre existiu e sempre existirá, de uma forma ou de outra, em grande ou menor escala, pois, são HUMANOS que nós elegemos, então...como ser diferente?

É tal qual a fábula (será fábula?) do escoripião e que termina com o adereço que conhecemos:"É a minha natureza"...

Ficar "batendo teclas", como se em algum Governo não tivesse ocorrido alguma corrupção, algum erro, algum deslize, desculpem, chega á ser juvenil...

Por favor, não teremos um Governo 100%, nem que o PAPA fosse eleito o Presidente de nosso País

O PAPA é um homem santo e não um santo

Vejam bem a diferença!

Ainda temos MUITO o que aprender...

COMO POVO, COMO PATRIOTAS...

E NOSSOS POLÍTICOS TAMBÉM, TEM MUITO Á APRENDER , EM ESPECIAL A AMAR BRASIL...

Terra abençoada que TÃO POUCO valorizamos, que tão pouco aclamamos como Pátria, como nosso chão, como nosso berço, como nossa MÃE GENTIL...

Enfim,

Eu acho que SERRA AMA o BRASIL...Pois ele assim o faz parecer...

Já DILMA, Espero que esta caso seja eleita, fique / seja menos defensiva em relação ao seu Povo, sejam estes ricos ou pobres, todos porém brasileiros e que esta, saiba governar com Sabedoria e Justiça a este gigante que é o Brasil, pois não só os olhos dos Brasileiros estarão sobre ela, mas os do Mundo também, atentos que estão hoje os Povos do mesmo, a este Gigante que não pára de nos abençoar e de nos surpreender com os presentes de seu solo, de suas riquezas e creio, ainda tem muito a nos porporcionar...

Que seu (sua) novo (a) Governante, esteja a altura de todas as maravilhas que o BRASIL ainda vai operar...

Que este governe com AMOR E RESPEITO a esta Pátria que deviamos idolatrar, tal qual está em nosso Hino, que poucos sabem cantar...

É só o que espero do meu Presidente ou da minha Presidente

Aguardemos pela vontade do nosso Povo

Grata pela atenção

Mara Ivanovicht


sábado, 5 de junho de 2010

Caminhando para o FIM...

Percebemos que estamos MESMO á caminho do Fim do Mundo... 

Não através das extravagantes Profecias alardeadas em TV's, Rádios e Jornais

Podemos constatar estarmos próximos do FIM...

Através das Imagens que chegam até nós.

Vislumbramos o SUICÍDIO HUMANO, o FIM de nossa Raça...

Quando vemos a Inocência na MIRA de um Rifle.


 Quando sabemos que o Fantasma da Fome assombra os Inocentes e nada fazemos

Quando nos basta que a aflição bata em outras portas e não nas nossas

Quando pensamos estar seguros de sermos atingidos, pelo mesmo mal que a outros aflige...

Quando as lágrimas de uma criança, não sacudirem nossa Alma...

Podemos estar certos, o Fim se aproxima...


 Quando vemos que o Mundo que nos abriga

Está se desfazendo perante nossa insana Tirania...

Que a Terra grita por seus Filhos, enquanto estes se fazem de Surdos...

Esteja certo, o FIM está próximo...


Quando a penúria e miséria alheia, nos soa muda

Quando não toca nossa lembrança e não aperta "em choro" nossa garganta...

Quando a necessidade de outros não nos abala

Quando o absurdo é tido como normal e aceitável...

O FIM chega para nós


Quando os que buscam a outros ajudar

Ao risco e custo da própria Vida...

Tem esta ceifada sem dó e nem piedade, tendo como protesto ao inimaginável..

Vagos murmúrios pulverizados e que não ecoam pelo Mundo...


Temos enfim a certeza...

O FIM chegou...






sexta-feira, 4 de junho de 2010

GUERRA





Guerra Interna
Guerra na Terra
Guerra Humana
Guerra que engana

Guerra sangrenta
Guerra nojenta
Guerra não inocenta
E a Paz afugenta
Guerra que dói
Dor que nós rói
Que vemos atentos
Em total desalento


Guerra destrói
E nos corrói
Guerra sem fim
Que aflige á mim




Guerra que tira o sossego
Humanos em desapego
Guerra de vaidades
Guerra, só trás saudades






 

Guerra fere a mulher
Guerra, mata um qualquer
Guerra envenena infância
Guerra movida à ganância


Guerra banhada em choro
Gemidos de crianças em coro
Guerra absurda e indecente
Guerra onde sofre o inocente


Guerra de covardes mandatários
Para morte enviam legionários
Guerra não lega heróis
Guerra NADA constrói


Guerra que não toleramos
A qual, nos subjugamos
Guerra, fere á ti e à mim
Guerra, parece  sem fim...





domingo, 30 de maio de 2010

Medo de Amar n° 3






Tua boca em meu corpo se estende
Com língua ardorosa, sinuosa serpente
Seu toque suave arrepia meu ventre
Anseio e desejo em teu toque ardente

Vem à mim amigo e amante
Permite que olhe, teu belo semblante
Enquanto seu corpo com meu se embate
Buscando prazer, nesse doce combate...



Quão certa estou e busco me dar
Mas temor me impede, poder desfrutar
Seu beijo tão quente, me faz delirar
Em chamas meu corpo, se põe a queimar


Tanto tempo que eu faço, á mim mesma esperar
Quanta ânsia e preparo para me entregar
Medo eu tenho e me faço aguardar
A coragem que busco...de um dia te amar

quinta-feira, 27 de maio de 2010

AMOR INVENTADO...


Um Amor inventado


Por dentro enraizado

Amor por você

Amor em Pecado



...Amor de Cinema

Amor que só teima

Amor que se tenha

Amor que só queima



Amor escondido

Pressente o perigo

Hoje o um amante

Amanhã o inimigo



Amor de Novela

Um Jantar á vela

Amor que revela

Amor que me vela...



Inventado te digo

Real? Eu não ligo...

Importa que sinta

E de nada ressinta...